quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Palmeiras Campeão Brasileiro 2016

O Palmeiras quebrou 22 anos de fila no Brasileirão de 2016. Foi montado um time milionário, que - com certa facilidade - deixou para trás os seus adversários e atingiu o eneacampeonato, ou seja, nove títulos brasileiros, algo que nenhuma outra equipe já conseguiu.
A estreia do Verdão foi vitoriosa, com goleada de 4 a 0 sobre o Atlético-PR no Allianz Parque. O saldo de gols alto deu logo de cara a liderança ao Palmeiras, mas que foi perdida no segundo jogo, na derrota de 2 a 1 para a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, a primeira no campeonato. Na nona rodada, o Alviverde recupera o primeiro lugar na vitória de 3 a 1 sobre o Santa Cruz em São Paulo. Na 17ª rodada, o Palmeiras perdeu de 3 a 1 para o Botafogo no Rio de Janeiro e deixou a liderança novamente. Na última partida do turno, o time palmeirense voltou a ser líder ao fazer 2 a 1 no Vitória em casa. E da liderança o Palmeiras não saiu mais. Das equipes que se alternaram no primeiro lugar, o Corinthians perdeu fôlego, o Santos ficou na briga pelo segundo lugar com o Flamengo, o Grêmio se dedicou à Copa do Brasil, e Santa Cruz e Internacional foram para a zona de rebaixamento.
O enea do Verdão foi conquistado na 37ª rodada, na vitória de 1 a 0 sobre a Chapecoense no Allianz Parque. Infelizmente, esta partida também seria marcada como a última antes do acidente com o avião que transportava a equipe catarinense rumo à Colômbia, para a final da Copa Sul-Americana. A tragédia vitimou 71 passageiros, sendo a maioria do elenco e comissão técnica do clube, e da imprensa. Em meio ao luto, o Campeonato Brasileiro encerrou com o Palmeiras marcando 80 pontos, com 24 vitórias, oito empates e seis derrotas. Uma das melhores campanhas dos pontos corridos.


Foto Lucas Figueiredo/CBF

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Corinthians Campeão Brasileiro 2015

O melhor aproveitamento de pontos dos Brasileirões de pontos corridos com 20 equipes foi o do Corinthians em 2015. O time chegou ao hexacampeonato com 71% da pontuação possível e uma campanha impecável.
A estreia do Timão foi com vitória sobre o Cruzeiro, o time que era o campeão do momento, por 1 a 0 no Mineirão. Na segunda rodada, a vitória de 1 a 0 sobre a Chapecoense na Arena deu ao Corinthians a liderança pela primeira vez. O primeiro lugar foi passageiro, perdido na terceira rodada, no empate sem gols com o Fluminense no Maracanã. A primeira das cinco derrotas corinthianas foi na quarta rodada, por 2 a 0 no clássico com o Palmeiras em casa. Após alguns tropeços, o Alvinegro começou uma perseguição aos líderes do momento, Sport e Atlético-MG. Na 18ª rodada, o Corinthians se tornou o líder definitivamente ao vencer o Sport por 4 a 3 na sua Arena, em Itaquera.
No segundo turno quase perfeito, o Timão arrancou para o sexto título brasileiro. Detonou o principal oponente na briga pela taça no returno, o Atlético-MG por 3 a 0 em pleno Independência, na 33ª rodada. O título chegou na 35ª rodada, no empate em 1 a 1 com o futuro rebaixado Vasco em São Januário. E já campeão, o torcedor corinthiano teve outra enorme alegria na 36ª rodada, na partida em que foi entregue o troféu. O time reserva entrou em campo na Arena, e goleou por 6 a 1 o São Paulo. Ao todo, o Corinthians fez 81 pontos em 38 jogos (12 a mais que o vice Atlético-MG), com 24 vitórias, nove empates e cinco derrotas. O título praticamente concluiu um ciclo de cinco anos de comando e idolatria do técnico Tite, que partiria para treinar a Seleção Brasileira no ano seguinte.


Foto Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

domingo, 14 de janeiro de 2018

Cruzeiro Campeão Brasileiro 2014

O futebol do Cruzeiro continuou lá em cima no ano de 2014, com a conquista do tetra do Campeonato Brasileiro. E o título veio com mais facilidade do que no ano anterior, embora ter sido duas rodadas mais tarde.
A estreia da Raposa foi vitoriosa, 2 a 1 sobre o Bahia na Fonte Nova. Ainda sem estar na liderança, a primeira derrota cruzeirense foi na quarta rodada, no clássico para o Atlético-MG por 2 a 1 no Independência. O primeiro lugar veio na sexta rodada, na vitória de 2 a 0 sobre o Sport no Mineirão. E desde então o Cruzeiro não soltou mais a liderança do Brasileirão. A equipe sobreviveu a parada de mais de um mês para a Copa do Mundo no Brasil, a virada de turno e a uma aproximação de tabela do São Paulo na 21ª rodada. Firme e forte a cada rodada, o time Celeste foi se distanciando dos demais adversários na classificação.
O time de Ricardo Goulart, Everton Ribeiro, Fábio e Marcelo Moreno foi recompensado com o esforço na 36ª rodada, quando o quarto título brasileiro foi consumado na vitória de 2 a 1 sobre o Goiás no Mineirão. A campanha do Cruzeiro em 2014 foi melhor que a de 2013. Foram 80 pontos nas 38 rodadas, 24 vitórias, oito empates e seis derrotas. E foi também a última vez na história do Brasileirão em que um time foi campeão duas vezes seguidas.


Foto Gustavo Theza/Brazil Photo Press/Estadão

sábado, 13 de janeiro de 2018

Cruzeiro Campeão Brasileiro 2013

Dez anos depois, o Cruzeiro voltou a dominar o Campeonato Brasileiro e conquistou o tricampeonato em 2013. E do mesmo jeito que foi no segundo título, o time foi líder da classificação com uma grande dose de tranquilidade. O que não foi tranquila foi a briga contra o rebaixamento. Ao término do campeonato, a Portuguesa foi denunciada pelo STJD por ter escalado o jogador Héverton irregularmente. O atleta foi punido com dois jogos de suspensão por ter sido expulso na 36ª rodada, mas cumpriu apenas um e não poderia atuar na rodada final. O clube foi punido com a perda de quatro pontos, sendo rebaixado para a Série B no lugar do Fluminense. Também por escalação irregular, o Flamengo foi punido igualmente e ficou uma posição acima da zona de rebaixamento.
Alheio aos fatos, a Raposa já começou o Brasileirão como líder, com a goleada em casa sobre o Goiás por 5 a 0. O posto foi deixado no jogo seguinte, no empate fora de casa com o Atlético-PR em 2 a 2, e a primeira derrota veio na terceira partida, por 2 a 1 para o Botafogo, também fora. A liderança só foi recuperada na nona rodada, na goleada de 4 a 1 no clássico com o Atlético-MG no Mineirão. Na rodada seguinte, a derrota para o Fluminense por 1 a 0 no Maracanã tirou o primeiro lugar do Cruzeiro novamente, e recolocou o Botafogo, na única briga pela ponta que o campeonato viu. Na 12ª rodada, a Raposa venceu o Criciúma por 2 a 1 fora de casa e voltou ao primeiro lugar. Um outro revés na 14ª rodada, por 3 a 1 para o Grêmio em Porto Alegre, tirou a liderança cruzeirense pela última vez. Na 16ª rodada, o Cruzeiro se tornou líder definitivo ao vencer a Ponte Preta em Campinas por 2 a 0. O turno virou, nenhum time encostou na Raposa, e o time arrancou calmamente para o título.
Na 34ª rodada, o Cruzeiro venceu o Vitória por 3 a 1 no Barradão, e conquistou o sonhado tri brasileiro. O time encerrou a competição com 76 pontos, 11 a mais que o vice Grêmio, e 23 vitórias, sete empates e oito derrotas. A conquista de 2013 foi a primeira da hegemonia que durou até o ano seguinte.


Foto Felipe Oliveira/AGIF

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Fluminense Campeão Brasileiro 2012

O Brasileirão atingiu o número de 56 edições no ano de 2012. E no regulamento, a CBF repetiu a receita de colocar os clássicos regionais na última rodada. Em campo, o Fluminense de Fred, Deco e Thiago Neves levou o título do campeonato pela quarta vez. Diferentemente de dois anos antes, o time conseguiu a conquista de maneira mais tranquila e com mais antecedência.
Mas o Flu demorou para chegar ao topo da classificação. Não conseguiu isto no primeiro turno, dominado pelo Atlético-MG, mas sempre ficou por perto esperando o momento certo de aproveitar algum vacilo mineiro, e conseguiu. A estreia tricolor foi positiva e simbólica. Contra o Corinthians, que era o atual campeão, venceu no Pacaembu por 1 a 0. A partir de então, uma invencibilidade de 11 partidas foi construída, só terminando na 12ª rodada, com a primeira derrota, por 1 a 0 para o Grêmio no Olímpico. Foi o único resultado negativo no turno do Fluminense, que virou a metade no torneio na vice-liderança, atrás apenas ao Atlético-MG. No segundo turno, as posições foram invertidas na 22ª rodada, na vitória de 3 a 1 sobre o Santos no Engenhão. Nas 16 rodadas restantes, o Flu manteve distância dos principais postulantes ao título, o Atlético-MG e o Grêmio.
O tetra do Tricolor foi confirmado na 35ª rodada, na vitória de 3 a 2 sobre o futuro rebaixado Palmeiras no Estádio Prudentão, em Presidente Prudente, interior de São Paulo. O Fluminense encerrou a competição de 2012 com uma campanha ainda melhor que a de 2010. Foram 77 pontos em 38 jogos, com 22 vitórias, 11 empates e cinco derrotas.


Foto Divulgação/Photocamera

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Corinthians Campeão Brasileiro 2011

O Campeonato Brasileiro de 2011 manteve o mesmo regulamento de sucesso dos anos anteriores, com o sistema de pontos corridos entre 20 times. A novidade era os clássicos estaduais realizados na última rodada, além das demais possibilidade envolvendo as equipes de São Paulo e Rio de Janeiro na penúltima rodada. Foi o último ano em que houve o campeão definido somente no último jogo. Corinthians e Vasco lutaram ponto a ponto, e o time paulista levou a melhor pela quinta vez.
A estreia do Timão foi boa, com vitória de 2 a 1 sobre o Grêmio no Olímpico. Mantendo uma invencibilidade nas primeiras partidas, o Corinthians fez um resultado expressivo na sexta rodada, ao golear por 5 a 0 o São Paulo no Pacaembu. Na sétima rodada, o Alvinegro liderou pela primeira vez ao vencer o Bahia em Salvador por 1 a 0. A primeira derrota só ocorreu na 11ª rodada, para o Cruzeiro em casa por 1 a 0. A primeira liderança corinthiana foi duradoura, virando o turno e só terminando na 24ª rodada, quando perdeu para o Santos por 3 a 1 em casa. O Vasco assumiu a frente e configurou a briga principal pelo título. Na 28ª rodada, o Timão voltou ao primeiro lugar com a vitória de 3 a 0 sobre o Atlético-GO em casa. Na 31ª rodada, a última troca de posição com o Vasco, no empate em 1 a 1 do Corinthians com o Internacional no Beira-Rio. Na partida seguinte, o Alvinegro recuperou de vez a ponta com a vitória de 2 a 1 sobre o Avaí no Pacaembu.
Nas partidas finais, o Corinthians manteve sua regularidade e a distância para o Vasco. Na última rodada, o penta foi conquistado no empate em 0 a 0 com o Palmeiras no Pacaembu. No total, o Timão fez 71 pontos, com 21 vitórias, oito empates e nove derrotas. A conquista do Brasileirão deu partida para voos maiores do clube, que no ano seguinte conquistaria a Libertadores e o Mundial.


Foto Miguel Schincariol/Placar