segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Flamengo Campeão Brasileiro 1982

Depois de ganhar a América do Sul e o Mundo, o Flamengo voltou suas forças para reconquistar o Brasil em 1982. A Taça de Ouro daquele ano estabilizou o número de participantes, mas sofreu alterações no regulamento. Na primeira fase, os times passaram a ser divididos em oito grupos, com os três primeiros de casa se classificando, e os quarto lugares indo para uma repescagem. Os quatro times da Taça de Prata subindo no mesmo ano foram mantidos. O Corinthians foi o time da vez a experimentar o gosto da segunda divisão.
O Rubro-negro entrou no grupo 3, com Ferroviário do Ceará, Náutico, São Paulo e Treze da Paraíba. Ao final de oito jogos, o Flamengo conseguiu a liderança com sete vitórias, um empate, 15 pontos e uma larga vantagem sobre o vice São Paulo. Antes da segunda fase, os oito times da repescagem fizeram quatro confrontos, com os vencedores avançando. Finalmente, os 24 classificados, os quatro repescados e os quatro do acesso se dividiram em outros oito grupos. o Fla ficou no grupo 3, junto com Atlético-MG, Corinthians e Internacional. Com jogos cascudos, o Rubro-negro passou algumas dificuldades, mas conseguiu se classificar na segunda posição com três vitórias, dois empates e uma derrota. Marcou oito pontos, ficando um atrás do Corinthians. Dois times de cada grupo formaram o mata-mata com 16 classificados. O Flamengo enfrentou nas oitavas de final o Sport. Com a vitória na ida por 2 a 0 em Recife, o Mengão se permitiu perder na volta no Rio de Janeiro por 2 a 1. Nas quartas de final, o confronto foi contra o Santos. E o Fla abriu mais uma vez a vantagem fora de casa, agora por 2 a 1, e segurou o jogo em casa, com empate em 1 a 1. Na semifinal, o Flamengo enfrentou o Guarani, que também sofreu a derrota em casa na ida, no Brinco de Ouro, por 2 a 1. A vaga flamenguista na final se confirmou com a vitória por 3 a 2 no Maracanã.
A final do Brasileiro de 1982 foi entre Flamengo e Grêmio. O primeiro jogo foi no Maracanã, e o Rubro-negro não conseguiu vantagem, pois teve que buscar um empate em 1 a 1 no final da partida. As coisas seguiram igualadas no Olímpico com o empate em 0 a 0. O regulamento previa a realização do terceiro jogo em caso de igualdade no saldo. Outra vez em Porto Alegre, o Flamengo precisava vencer, pois não tinha a melhor campanha. Calando 63 mil gremistas, Nunes fez o gol do título do Fla logo no começo do jogo. No tempo restante, resistiu à pressão para comemorar o bicampeonato brasileiro.


Foto J.B. Scalco/Placar